Crianças Especiais,  Depoimentos

Bebê depois de dor de garganta virar infecção grave perde pernas e braços

Bebê depois de dor de garganta virar infecção grave perde pernas e braços

Um bebê, na Inglaterra, com apenas 11 meses em razão de uma infecção generalizada teve que ter seus braços e pernas amputados. A infecção generalizada foi em decorrência de uma dor de garganta quer evoluiu.

Essa história aconteceu com Oliver Aisthorpe. E sua mãe Abigail de Cleethorpes, muito triste com o que aconteceu desabafou sobre o que aconteceu.

No dia 16 de março Abigail notou a moleira de seu filho funda. Normalmente, quando isso acontece é um sinal de algo sério. Com isso levou o menino ao hospital. Ao ser atendido, o médico informou a mãe que era provavelmente uma desidratação. Oliver recebeu soro e foi liberado.

O susto

No dia seguinte, diante da piora do menino, Abigail o levou novamente ao hospital. No momento em que chegaram as enfermeiras já perceberam a gravidade e chamaram os médicos. A mãe diante daquela movimentação toda não estava entendendo o que realmente estava acontecendo com o menino. Em um certo momento ela ouviu um  médico ligando para outro em outro hospital perguntando como poderia tratar o garoto. Segundo Abigail ela só lembrava que as mãos e pés filho começaram a ficar roxos.

Foto: Carters (Reprodução)

Para poderem tratar Oliver foi necessário que os médicos o colocassem em coma induzido para tratá-lo.

Durante o tratamento os médicos puderam descobrir que Oliver tinha tido uma infecção generalizada (Sepse) em razão de uma dor de garganta que não havia sido diagnosticada.

A seriedade do caso foi tanta que o garoto ficou entre a vida e a morte. Felizmente, ele sobreviveu.

No entanto, seus braços e pernas ficaram comprometidos sendo necessária a amputação deles. De acordo com Abigail a necrose foi tão séria que ela já queria que fossem amputados para não o ver sofrendo mais.

Todavia, após a cirurgia o menino voltou a ser feliz e cheio de vida.

No momento, o menino está se recuperado em casa. Assim que possível ele fará as primeiras provas com próteses para seus braços e pernas.

“Algumas pessoas sentem pena de nós. Mas eu realmente acho que eu tenho muita sorte, pois meu filho ainda está comigo! Ele pode ter perdido os braços e as pernas, mas ele ainda é meu menino feliz e cheio de vida”, finaliza Abigail.

Foto: Carters (Reprodução)

Sepse

Sepse ou sépsis (antigamente conhecida como septicemia ou ainda infecção no sangue) é uma doença complexa e potencialmente grave. É desencadeada por uma resposta inflamatória sistêmica acentuada diante de uma infecção, na maior parte das vezes causada por bactérias. Essa reação é a forma que o organismo encontra para combater o micro-organismo agressor. Para tanto, o sistema de defesa libera mediadores químicos que espalham a inflamação pelo organismo, o que pode determinar a disfunção ou a falência de múltiplos órgãos, provocada pela queda da pressão arterial, má oxigenação das células e tecidos e por alterações na coagulação do sangue.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Yahoo Austrália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *