Geral

“Minha sogra convenceu meu marido a mudar o nome do meu filho enquanto eu estava me recuperando”

Uma mãe utilizou o site Slate para desababar sobre o que aconteceu com o nome do seu filho.

Brigas de noras e sogras não são novidades, porém, saber que sua vontade foi desrespeita quando você estava convalecida após uma cesárea de emergência é outra coisa.

Uma mãe relatou por meio de um post no site Slate que só descobriu que seu filho tinha tido seu nome do meio alterado de “Finley” para “Finlay” quando ele tinha dois meses . Ela ficou furiosa com o que aconteceu, pois ela e o marido haviam acordado que o nome seria Finley antes do menino nascer.

Cartão de natal

A sua sogra não aceitou o nome, inclusive endereçou o cartão de natal para o menino com o nome de “Finlay” e quando a mãe comentou com seu marido sobre o cartão ele nem teve a decência de contar a ela que tinha mudado o nome do menino.

A mãe conta que  sua maior revolta foi  ter descoberto o que aconteceu dois meses depois do nascimento do menino quando ela foi procurar seu cartão de Seguro Social e certidão de nascimento para arquivá-los corretamente.

Quando confrontou o marido ele diz que se arrependeu assim que o cartão chegou e teve medo de contar a ela.

A mãe e a sogra tem histórico de desentendimentos, para a mãe a sogra é manipuladora e não gosta dela. Ela tem certeza que foi a sogra que manipulou seu marido para desrespeitá-la e mudar o nome do menino.

A mãe tem certeza que a sogra colocou o nome escrito errado no presente de natal do menino para que o casal brigasse em relação ao assunto e ela descobrisse o que o marido fez.

No post a mãe não exime de culpa o marido em nenhum momento, mas acredita que ele foi manipulado por sua mãe. “Ela manipulou meu marido a pensar que era certo mentir para mim sobre algo tão sério quanto a grafia do nome de nosso filho“, contou a mãe.

Mudança do nome

Ela relata também que irá mudar o nome do  para a grafia correta.

Eu fiquei furiosa com o meu marido e com a minha sogra. Quando confrontei meu marido, ele disse que se arrependeu logo após ter visto a certidão. Meu marido tem grande culpa na mudança do nome, afinal foi ele quem registrou nosso filho com o nome que eu não queria. Nós já estamos conversando sobre isso e tentando resolver. Mas eu sinto que também preciso conversar com a minha sogra e não sei como abordá-la”, confessou a mãe.

Esse não vai ser o primeiro nem o ultimo caso em que sogra e noras discordarão. O que você faria nesse caso?

Deixe-nos saber o que você achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *