Geral

Menina de 13 anos tira a vida do sobrinho, da irmã grávida e arranca bebê

Menina de 13 anos tira a vida do sobrinho, da irmã grávida e arranca bebê

Uma menina de 13 anos é suspeita de tirar a vida do sobrinho de 7 anos e a irmã grávida Fabiana Pires Santana, 23 anos, com a ajuda de um menino de 15 anos.

Os adolescentes ainda teriam retirado também o bebê da barriga de Fabiana.O terrível caso aconteceu em Porto Velho, no estado de Rondônia.

Fabiana foi encontrada em uma cova rasa em um terreno atrás de um condomínio. Já o menino foi localizado em um lago.

Segundo a polícia, a jovem contou com o apoio de um amigo, também adolescente, para cometer o crime. Fabiana foi morta com golpes de faca e com uma vara de metal pela adolescente.

O menino Gustavo de sete anos acabou sendo morto ao defender a mãe. Ele foi jogado em um rio, próximo ao local do crime. Ele não sabia nadar e morreu afogado.

O motivo

A jovem suspeita teria falado em seu depoimento que cometeu o crime porque sofria violência por parte da irmã e que o cunhado, inclusive, já havia abusado sexualmente dela.

Entretanto, ainda segundo a Polícia Civil, o outro adolescente aceitou participar do crime com a intenção de arrancar o bebê de Fabiana. O jovem queria simular uma gravidez da mãe e, para isso, levaria o bebê da vítima.

Os dois adolescentes confessaram o crime e estão apreendidos.

A mandante

A mãe do adolescente seria Catia Rabelo, uma mulher de 35 anos acusada de planejar o plano implacável, numa tentativa de manter o bebê para si. Ela estava namorando um garimpeiro e decidiu fingir uma gravidez, para tanto ela precisava de “um filho para provar isso para que seu namorado se casasse com ela”.

Ela foi presa pela polícia na quarta-feira depois de fugir. A mulher supostamente confessou incitar os adolescentes a cometer os assassinatos brutais.

A polícia encontrou o menino recém-nascido vivo aos cuidados da mulher.

Todavia, atualmente, o bebê com 1,8 kg de peso está sob observação no Antigo Hospital da Base de Porto e está em boa saúde, apesar de seu nascimento violento.

Este é um crime que chocou até os policiais mais experientes, porque há evidências de que ele foi premeditado. E que Fabiana estava viva quando o bebê foi retirado de seu ventre.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar