Fases e Fatos

Mãe de gêmeos de 67 anos recusa-se interromper a gravidez, mesmo com recomendação médica. Entenda o caso.

Depois de viajar para Taiwan, China, para dar início a um tratamento de fertilização in vitro (FIV), a chinesa que pediu para ser identificada pelo pseudônimo Zhang Heng engravidou de gêmeos, aos 67 anos. Os médicos do terceiro hospital da Universidade Peking de Beijing a aconselharam a abortar os gêmeos quando ela foi diagnosticada com hipertensão, uma das principais causas de morte materna.
Ela recusou a recomendação, o que levou a Comissão Municipal de Saúde e Planejamento Familiar de Pequim a enviar um aviso aos hospitais próximos que não prestem atendimento médico à paciente sem antes avisarem as autoridades. As informações são do site chinês Beijing News.
Segundo informações do site, mesmo sabendo do risco que ela e seus bebês correm, a chinesa continuaria a gravidez, pois acredita que poderia viver até os 85 anos e poderia ver seus filhos chegarem à idade adulta. Ao jornal online ela disse que “As crianças são a vida da mãe, mas também o meu sustento espiritual.” Vale dizer que na China não há uma idade limite para a mulher se tornar mãe.
Zhang Heng e o marido são moradores de Pequim e perderam o único filho em um acidente de trânsito, aos 34 anos de idade, há 4 anos. Foi quando o casal decidiu que realizariam um procedimento de fertilização in vitro para tentar ter mais um filho. A mulher sempre teria tido o sonho de ser mãe de mais filhos, mas devido à política do filho único, vigente no país de origem até 2015, esse desejo nunca pode se concretizar. Agora é esperar para ver o fim dessa história.
Fonte: Exclusivo 24h
Imagem: WordPress Free

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *