Geral

Lembra da Octomãe? Veja como ela está agora

Lembra da Octomãe? Veja como ela está agora

Nadya Suleman sempre sonhou em ter uma grande família. Filha única de pais imigrantes, com pai iraquiano e  mãe lituana, Nadya sempre desejou ter tido irmão. Com isso, seu sonho sempre foi uma família grande com muitos filhos.

O que Nadya não imaginava era que seu sonho viraria sua vida de cabeça para baixo.

A busca de Nadya pela maternidade começou assim que ela se tornou uma mulher adulta. Logo após se formar no ensino médio no sul da Califórnia, onde foi criada, ela embarcou em sua jornada para começar uma família.

Ela também planejava ir para a faculdade como muitas outras pessoas de sua idade, mas para Nadya, a vontade de se tornar mãe era prioridade.

Aos vinte e poucos anos, Nadya Suleman conheceu um gerente de produção chamado Marcos Gutierrez.

Desde o início, claro, Nadya deixou evidente que ter filhos era extremamente importante para ela. E isso não parecia ser um problema no começo, porque Gutierrez também queria ser pai. Mas o que Nadya não sabia era que não havia a menor chance de que ela e Marcos Gutierrez tivessem filhos juntos.

No mesmo ano em que Nadya se casou com Marcos Gutierrez, ela formou-se como auxiliar psiquiátrica pela faculdade Mt. San Antonio College e começou a trabalhar no Metropolitan State Hospital, uma clínica psiquiátrica em Norwalk, Califórnia.

Trabalhar com pacientes com transtornos mentais é gratificante, mas está longe de ser uma tarefa simples. E isso seria tão esgotante quanto parece para Nadya.

A vida familiar pode ter sido seu principal objetivo, mas uma carreira de sucesso sempre esteve entre seus planos. Infelizmente, algo aconteceu naquela clínica. Uma experiência traumatizante que viraria seu mundo de cabeça para baixo.

No dia 18 de setembro de 1999 um tumulto aconteceu na clínica psiquiátrica onde Nadya Suleman trabalhava, e  ela foi atingida nas costas por mesa de madeira. Diante do ocorrido ela entrou com uma ação e recebeu 170.000 dólares de indenização da clínica pelas consequências em sua vida do ocorrido.

O acidente sofrido por Nadya Suleman afetou sua capacidade de trabalhar e causou muito sofrimento e dor física. A indenização que ela recebeu ajudou-a a se manter, mas ela tinha um problema muito maior em suas mãos. Durante todo esse processo e até antes, Nadya enfrentava um desafio que ameaçava seu legado.

Ela e seu marido, Marcos Gutierrez, já casados havia três anos, estavam determinados a realizar o sonho de Nadya de começar uma família. Eles tentaram ter filhos muitas vezes, mas nunca conseguiam. O casal, então, decidiu consultar um médico para descobrir o que estava acontecendo.

Após consultar vários médicos, Nadya Suleman e Marcos Gutierrez receberam dicas para conseguir engravidar. Eles estavam determinados a ter um filho e, consequentemente, seguiram à risca todas as orientações, exatamente como haviam sido instruídos pelos diferente médicos. Mesmo assim, eles ainda não tiveram sorte. As tentativas em vão começaram a desmotivar Nadya.

Foi um processo tão frustrante que ela entrou em depressão. Finalmente, o casal recebeu uma dura notícia. Eles não estava fazendo nada de errado… Marcos era  estéril.

Nadya Suleman insistiu na questão com o marido. Ela queria muito ter filhos, e se não pudessem conceber tradicionalmente, eles teriam que encontrar uma forma alternativa,  pelo menos, era como Nadya pensava. Seu marido, no entanto, não concordava. Eles queriam coisas diferentes, e isso estava começando a afastá-los.

Para Marcos, a gota d’água foi quando Nadya sugeriu o método de fertilização in vitro, um procedimento durante o qual o óvulo é fertilizado fora do corpo, geralmente em um tubo de ensaio. Marcos avisou que, se ela continuasse com essa ideia, ele a deixaria.

Ela optou pelo seu sonho de der mãe por meio de uma fertilização in vitro.

A fertilização in vitro  além de não ser um processo simples é muito caro. Mas Nadya estava determinada a seguir com seu sonho.

Os médicos geralmente recomendam a captação de vários óvulos durante a fertilização in vitro para maximizar as chances de fertilização.

O outro fator que Nadya Suleman tinha que considerar antes de começar o tratamento era aquele que tinha a capacidade de mudar sua vida para sempre. Ao introduzir vários óvulos no útero da mãe, aumentam as chances de mais de um óvulo ser fertilizado, o que significa que a mãe pode dar à luz a mais de um bebê.

O tratamento foi bem sucedido e em 2001, Nadya teve seu primeiro filho, um menino que ganhou o nome de Elijah. Finalmente, depois de anos tentando, seu sonho de se tornar mãe tornou-se realidade! Mas o sonho Nadya estava longe de terminar.

Um ano depois do nascimento de seu primeiro filho, Nadya Suleman deu à luz uma menina chamada Amerah. A fertilização in vitro foi um sucesso, mas Nadya ainda queria ter mais filhos.

Sua experiência foi tão agradável que, após algum tempo, ela decidiu continuar o tratamento, engravidando de gêmeos fraternos e mais dois bebês – agora eram seis ao todo!

 

Um tempo depois de ter seu sexto filho, ela decidiu que queria ainda mais filhos. O que Nadya faria a seguir deixaria milhões de pessoas atônitas.

O ano era 2008, e Nadya Suleman faria algo que a transformaria de mãe solteira com seis filhos em celebridade nacional. Os seis filhos que ela já tinha não eram suficientes, e ela procurou o Dr. Michael Kamrava, o médico que supervisionou todos os seus tratamentos, em busca de outra fertilização in vitro.

Nadya ainda tinha seis óvulos congelados de seu último tratamento, e como uma grande defensora da vida, ela não queria que eles fossem desperdiçados. Para ela, era muito importante que eles fossem usados. Ela queria que o Dr. Kamrava implantasse todos os óvulos de uma só vez! Mas isso não foi tudo.

Segundo o Dr. Michael Kamrava, ele hesitou em concordar no começo, mas acabou implantando todos os seis óvulos restantes, a pedido de Nadya Suleman. Nadya estava determinada e não iria desistir. Ela não queria desperdiçar nenhum dos embriões, mesmo que isso significasse ter vários bebês.

No entanto, o que acabou sendo para muitos a parte mais chocante dessa história foi o fato de que o médico não injetou apenas seis, mas sim 12 óvulos no total. Isso é, 10 óvulos a mais que o número recomendado de dois! Um procedimento tão radical traria consequências únicas, e Nadya estava preparada para enfrentá-las.

Implantar um número tão alto de embriões é algo sem precedentes e um desvio radical da prática médica tradicional, mas Nadya Suleman não se arrependeu nem um pouco. Muitas mães ficariam aterrorizadas, mas Nadya estava em êxtase. Dos 12 embriões, 8 acabaram evoluindo, e Nadya engravidou de oito filhos de uma só vez.

Os nove meses seguintes foram desgastantes e afetaram muito o corpo de Nadya Suleman. Carregar oito bebês de uma só vez é um esforço muito maior do que uma mulher comum poderia suportar. De fato, a mídia logo ficou sabendo da história, e Nadya se tornou uma celebridade. E foi assim que ela se tornou a “Octomãe,” como ficou conhecida,

Por mais que a gravidez de uma mãe solteira da Califórnia possa não parecer algo digno de notícia nos dias atuais, o caso da Octomãe era diferente. A gravidez de Nadya quebraria recordes e traria consequências para o resto de sua vida – e nem todas elas positivas.

O parto dos óctuplos foi sem qualquer intercorrência. Eles foram os primeiros óctuplos a nascerem vivos e continuarem vivos uma semana após o parto.

Quando seus óctuplos nasceram, Nadya Suleman já era uma celebridade. Jornais, sites e canais de notícias  só se falava sobre sua gravidez. O mundo conhecia seu rosto. E embora nem todo mundo soubesse seu verdadeiro nome, todos conheciam seu apelido: a Octomãe. O plano de Nadya era tentar controlar a narrativa.

Ela queria lucrar com a fama também. Depois de tantas dificuldades, Nadya queria ser vista como uma boa pessoa. Logo após se recuperar do parto, ela contratou uma assessoria de imprensa para que pudesse contar sua própria versão da história. Isso foi mais difícil do que Nadya esperava.

Dizem que a fama muda as pessoas – quer elas gostem ou não. E para Nadya Suleman, a atenção recebida pela mídia nunca diminuiu. Seus detratores dizem que o objetivo de Nadya sempre foi ficar famosa – e foi por isso que ela teve tantos filhos. No fim das contas, Nadya precisava dividir seu tempo entre ser a personagem Octomãe e cuidar de seus 14 filhos!

Com o tempo, porém, o personagem começou a desgastá-la. Até sua gravidez foi cercada de polêmicas, e Nadya foi acusada de desperdiçar o dinheiro público, ser irresponsável e basicamente tudo que há de errado com a sociedade americana atual. Ela chegou até a receber ameaças! Mesmo assim, muitas pessoas adoravam seus filhos e ela.

O circo montado pela mídia começou a crescer – seu objetivo inicial de controlar a narrativa não parecia mais possível. Nadya Suleman não conseguiu divulgar sua história em primeira mão. Ela decidiu que teria que tomar medidas mais drásticas para expor sua versão dos fatos  para o público. Ela teria que se abrir sobre seus problemas.

Em uma entrevista concedida à revista People, Nadya Suleman reagiu à imagem que o público tinha dela. “Eu quase não durmo, só duas ou três horas por noite”, ela disse. “Mas sigo levando minha vida, tentando ser a melhor mãe possível. ” Ainda assim, muitos duvidaram de sua palavra e acreditaram que a Octomãe adorava a atenção que recebia da mídia.

Mesmo anos após o parto, Nadya Suleman ainda era um dos assuntos preferidos da mídia. Independentemente de todas as críticas, uma coisa era certa, o mundo simplesmente não se cansava da Octomãe e seus filhos. Mas a fama começou a realmente incomodar Nadya, a ponto de prejudicar sua capacidade de criar seus filhos.

Segundo vários relatos, a Octomãe tinha chegado ao fundo do poço. Com dificuldades para cuidar de 14 crianças, Nadya não teve escolha senão aceitar assistência social do governo. Parecia que o mundo estava contra ela. Mesmo com os filhos ao seu lado, ela se sentia sozinha. Logo, ela enfrentaria um desafio que nem a assistência do governo poderia resolver.

Durante a incansável cobertura da mídia e o escrutínio do público, começaram a surgir boatos de que Nadya Suleman maltratava seus filhos. Afinal, como uma mãe solteira poderia cuidar de todas aquelas crianças sozinha? Alguns perguntavam. O Conselho Tutelar chegou a receber denúncias e decidiu apurar se a Octomãe estava de fato negligenciando seus filhos.

Após uma investigação, nenhum indício de maus-tratos foi encontrado, e a casa da família Suleman foi considerada perfeitamente adequada para as crianças. Para o azar da Octomãe, outra pessoa que poderia mudar a sua vida não tinha a mesma opinião.

O conselho tutelar pode ter considerado a casa de Nadya Suleman apta para acomodar sua família, mas nem todos dividiam a mesma opinião – principalmente, o seu senhorio. Verdade seja dita, ele era uma das poucas pessoas acompanhando a história que podiam, de fato, afetar a sua vida. Aparentemente, ele a acusou de violar os termos do contrato de aluguel.

Ele procurou a mídia para explicar seu problema com Nadya Suleman e, eventualmente, a despejou. Durante toda a sua vida, Nadya desejou ser uma boa mãe e agora estava prestes a não ter onde morar. Ela não podia deixar isso acontecer. E assim, a Octomãe teve que tomar medidas desesperadas para garantir que sua família tivesse um lar.

Para o desespero de Nadya Suleman, não seria possível convencer seu senhorio: ela e seus filhos tinham que deixar a casa. Ela tinha que encontrar um lugar para morar com seus vários filhos! Para a mídia, ela era um personagem, mas em sua vida particular, ela era uma mãe carinhosa. Ela sempre afirmou que ser uma boa mãe era sua verdadeira natureza.

O problema era que Suleman simplesmente não tinha dinheiro suficiente – ela precisava conseguir uma boa quantia e rápido. Então, ela decidiu tentar a sorte na indústria cinematográfica. Ela também se dedicou a outros projetos, incluindo uma curta carreira como cantora. Mas isso foi suficiente?

A pressão da fama certamente havia afetado Nadya Suleman, e quando ela finalmente reconheceu isso, ela decidiu se afastar desse mundo. O personagem que ela havia se tornado era tão diferente de quem ela realmente era que ela não conseguia mais se reconhecer. Ela precisava mudar algumas coisas para poder ser uma mãe melhor para seus filhos e ter uma vida mais feliz.

Quando ela o fez, Nadya Suleman deu a volta por cima de forma impressionante. Ela começou mudando seu primeiro nome para Natalie, algo simples com a intenção de simbolizar um novo começo. Em seguida, ela concluiu seu curso universitário. Depois disso, ela começou a trabalhar meio período como terapeuta familiar. Mas e as crianças?

 As Crianças Atualmente

Os óctuplos de Nadya Suleman agora têm 11 anos e levam uma vida saudável – especialmente quando se trata da sua alimentação. Todos eles seguem uma dieta estritamente vegana e parecem adorar isso. Não é algo fácil para uma criança, especialmente em um mundo onde chocolate e doces parecem tão saborosos.

A mãe das crianças, agora conhecida como Natalie Suleman, afirma não esconder nada sobre sua jornada das crianças. Ela acredita que honestidade é a base do bom relacionamento entre pais e filhos. Segundo Natalie, tudo o que ela fez desde que se tornou uma subcelebridade, não importa o quão bizarro possa parecer, foi pensando no bem de seus filhos. Ela acredita que seu novo estilo de vida é a chave para administrar uma casa saudável e compartilha isso com seus fãs na conta do Instagram criou, chamada Família Solomon. Na página ela também compartilha as novidades de sua vida como mãe desempregada de 14 filhos.

Agora que Natalie Suleman está com 40 e poucos anos, ela deu a volta por cima e deixou de lado todos os empregos questionáveis. Em entrevistas, ela disse que um “anjo da guarda” lhe deu forças para seguir em frente e deixar sua vida superficial para trás.

Segundo Natalie, em fevereiro de 2013, quando ela ainda trabalhava na indústria cinematográfica, um homem muito alto se aproximou dela em uma casa noturna onde ela estava. “Ele caminhou até mim e olhou diretamente nos meus olhos. Ele segurou minha mão, apertou meu braço e disse de uma forma muito gentil, mas firme: ‘Você não precisa fazer isso.’ Ele repetiu algumas vezes.” Aquele momento foi um divisor de águas para Natalie Suleman. Ela tentava segurar as lágrimas que escorriam pelo seu rosto. Naquele momento, sua vida mudou para sempre. “Eu sabia que tinha que dar um jeito na minha vida. ”

Desde que Natalie Suleman decidiu mudar sua vida em 2013, ela admitiu que ter tido tantos filhos de forma imprudente foi uma atitude “tola, imatura e egoísta. ” Ela admite que na época não pensava nas possíveis consequências. No entanto, apesar disso, ela não se arrepende nem um pouco.

Com esta confissão sincera, Natalie agora se dedica apenas a criar seus filhos. Eles são sua prioridade número um, tanto que ela não está interessada em namorar e se conforma em levar um estilo de vida celibatário por enquanto. Através de suas redes sociais, ela mostra o quanto ela mudou e as novidades de sua família — incluindo os valores morais que ela ensina a todos os seus 14 filhos.

Criar 14 filhos sozinha não é nada fácil, mas Natalie Suleman tem se saindo muito bem, morando em um apartamento de dois quartos e vivendo do seu salário e assistência do governo. Ela até transformou seu escritório em um terceiro quarto. Natalie contou ao Daily Mail que agora se sente “em paz” depois de todas as dificuldades que enfrentou para criar seus filhos sozinha.

Uma maneira como ela se sente em paz é dividindo sua polêmica história com outras mulheres, na esperança de inspirá-las a tomar as decisões certas para si mesmas e para seus filhos. Além disso, Natalie não gosta mais de ser chamada mais de “Octomãe.” Ela sente que essa personagem quase destruiu a sua vida e a vida de sua família. “Eu não queria viver. Eu não me sentia nem um ser humano, fingindo ser aquele personagem para poder sobreviver e sustentar minha família. ” Mas como as crianças se sentem conhecendo esse passado sombrio?

Mãe de 14 filhos, Natalie Suleman agora desfruta de qualidade de vida, passando um tempo valioso com seus filhos mais novos, os óctuplos Makai, Josiah, Isaiah, Jonah, Maliyah, Jeremiah, Nariyah e Noah. Natalie quer que todos os seus filhos tenham orgulho de sua mãe e da mulher que ela se tornou. Ela não queria que eles se lembrassem dela como a personagem “Octomãe” que ela fingiu ser por tantos anos. “Fui obrigada a fazer coisas que não queria porque tinha medo de não poder sustentar meus filhos e dar a eles a vida que mereciam, ” ela lamentou ao Daily Mail.

Depois de superar todas as provações e tribulações, enfrentando a vida como uma mãe solteira de 14 filhos, Natalie Suleman nunca esteve tão feliz e aproveita cada momento que desfruta com seus óctuplos veganos de nove anos, bem como seus seis filhos mais velhos, também concebidos por fertilização in vitro, Elijah (19), Amerah (18), Joshua (16), Aiden (14) e os gêmeos de 13 anos Calyssa e Caleb — que ela define como “onívoros.” Para oferecer uma melhor educação às crianças, ela voltou para Laguna em Orange County, o lugar onde ela mesma cresceu.

Sem tempo para uma vida social, Natalie Suleman é uma mãe muito prática. Isso significa que ela conhece cada um de seus filhos muito bem. “Eles brigam, brincam, brigam e brincam de novo como qualquer família normal, ” contou ao Daily Mail. Ela enfatizou que alguns de seus filhos são tímidos e mais reservados como ela, enquanto outros são mais extrovertidos. Aiden é autista, mas isso não impede que nenhum de seus irmãos o trate com amor e carinho. Na verdade, Aiden e Makai são incrivelmente próximos.

Todas as 14 crianças sabem que sua vida é bem diferente que a de outras crianças. Ela ensina a eles que não há problema em ser diferente e que não há absolutamente nada de errado com isso.  Mas essa não é a única coisa que Natalie ensinou a seus filhos.

Apesar de todas as dificuldades que Natalie Suleman e seus filhos enfrentam, eles são uma família feliz. Natalie ensina valores morais e princípios a cada um deles, dando a cada filho apenas um presente de Natal no fim do ano. “Quero ensinar meus filhos a ajudar as outras pessoas e a pensar no próximo,” contou à US Weekly.

Ao dar apenas um presente de Natal aos seus filhos, Natalie acredita estar ensinando-os a valorizar os pequenos gestos. Ela acredita que isso os ensinará a não esperar ganhar nada sem merecer. Além disso, devido à sua situação financeira, Natalie Suleman não pode esbanjar com presentes no Natal. Para ela, estar com seus filhos já é uma benção.

Para Natalie Suleman, a volta às aulas é um dos períodos mais estressantes, muito mais do que seria para uma mãe que lida com um ou dois filhos. A mãe de 43 anos compartilhou sua ansiedade nas redes sociais, postando uma foto de seus óctuplos sorridentes antes de irem à escola, com a legenda “Alguma outra mãe excepcionalmente estressada e sobrecarregada com a primeira semana de volta às aulas? ”

Ela se nomeou a “motorista de ônibus oficial,” uma vez que precisa deixar e buscar tantas crianças da escola, o que acaba ocupando a maior parte do seu dia. Ela também brincou que não adiantou implorar, seus seis filhos mais velhos não estavam a fim e se recusaram a participar da foto. Felizmente, eles aparecem sorridentes em outras fotos para celebrar ocasiões importantes e eternizar alguns momentos da família.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fontes: USA Today, Los Angeles Times, Gazette Review

Fonte2:https://www.holagente.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar