Mães em Carne e Osso,  Nossas Colunistas

Garoto arrecada R$ 10.000 para dar um enterro decente ao melhor amigo

Kaleb Klakulak, conheceu KJ Gross, um garoto tão tímido quando ele, quando iniciaram suas aulas da segunda série, em Warren, Michigan (EUA). Seus pais haviam se divorciado e ele era o aluno “novo” da escola.
Segundo Kaleb, foi divertido conhecer KJ porque ele gostava de quase tudo que eu também gostava.
Ambos garotos eram introspectivos, tímidos e doces,  rapidamente começaram a andar juntos, surgindo uma grande amizade.
Para LaSondra Singleton, mãe de KJ eles eram como gêmeos juntos.
Contudo o destino pregou uma peça na amizade desses meninos, KJ foi a óbito em maio deste ano, por conta de efeitos de sua leucemia, Kaleb ficou arrasado.
Como todos sabe a lápide de um túmulo é muito cara, e a família de KJ não poderia pagar, mas Kaleb se comprometeu a ajudar a família do amigo a ter uma.
Para a mãe de Kaleb, Kristy Hall, a melhor parte da amizade deles é que eles se entendiam muito bem e não precisavam provar nada a ninguém, podiam ser eles mesmos.
A amizade deles era muito linda, os meninos passavam o dia juntos, especialmente jogavam videogames.
O filhos de uniram e suas mães também se uniram.
“Nós éramos mães solteiras na época, compartilhando nossas histórias e nos confortando umas com as outras”, disse Kristy.
A amizade deles era o que importava para Kaleb, para ele não importava se KJ tivesse algumas limitações, eles  queriam realmente passar seu tempo juntos. KJ lutava contra a leucemia desde pequeno, durante sua vida foi submetido a várias cirurgias.  Ele lutava também contra alergias severas e não podia de casa muitas vezes.
Eles brincavam muito, quando KJ não podia sair, Kaleb ia até a casa dele brincar, mas em dezembro passado tudo mudou. KJ foi hospitalizado com  insuficiência cardíaca congestiva, e os médicos o prepararam para um transplante.
Kaleb visitava o amigo uma vez por semana para que pudessem fazer algo juntos.
idmea2
Porém,  em maio deste ano, LaSondra ligou para Kristy e Kaleb, avisando-os que o pior tinha acontecido.
Eles chegaram ao leito de KJ, e notaram que ele estava inconsciente. Kaleb disse adeus ao amigo.
A mãe de KJ, que havia deixado seu emprego em uma lanchonete de uma  escola meses antes para cuidar de seu filho, ficou arrasada.
A mãe de KJ enterrou seu filho em um lote familiar do cemitério municipal, mas não podia pagar por uma lápide. Ao mesmo tempo, ela também estava lidando com os estágios iniciais da doença de Alzheimer da mãe.
Kaleb, igualmente arrasado pela perda, queria fazer algo para ajudar a mãe de seu falecido amigo, de modo que ela se sentisse melhor.
E com isso ele pensou em obter uma lápide para o túmulo do amigo. Para tanto Kaleb, fez bicos para ganhar dinheiro, reciclava garrafas e também criou uma conta no Paypal para obter doações. O objetivo final de arrecadação foi definido em US$ 2.500 (R$ 10 mil).
Doações rapidamente começaram a surgir. Então, Kaleb e sua mãe pediram à mãe de KJ que viesse visitá-la. Eles entregaram US$ 900 (R$ 3.400) para a compra da lápide e depois entregaram o restante da doação para ajudar a mãe de KJ nesse momento tão difícil.
A mãe de KJ ficou muito emocionada porque ela tinha que lidar com todos os sentimentos da perda, todavia agora teria um lugar para visitar o filho.
Ao mesmo tempo, Kaleb está passando por um momento complicado sem seu melhor amigo, ir atrás desse objetivo o ajudou passar superar parte da tristeza.
“Ele está sem seu companheiro, seu melhor amigo”, disse Kristy. “Eu acredito que é difícil para ele porque ele está com medo; não quer perder outra pessoa.”
“Em um momento no mundo em que há tanta divisão e ódio, espero que isso traga algum tipo de união e enfraqueça as teorias que nos dividem – que as pessoas sejam capazes de enxergar o próximo sem se importar com a raça ou cor da pele”, disse ela.
Deixe-nos saber o que achou, sua opinião é muito importante para nós.
Fonte: Razões para acreditar
Foto de capa: Reprodução/CNN

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *